Tudo começou no dia 1 de Dezembro de 2019, crê-se. 

A cada 11 de Setembro que passa (desde 2001), recordo o aniversário do sangrento dia que os Estados Unidos querem esquecer e do qual são sobejamente conhecidas as responsabilidades da CIA no seu desfecho.