Sejam lá quais forem os defeitos de Diego Maradona, há que lembrar duas das qualidades que tem de sobra: a irreverência e a coerência, digo eu.

Quando o marketing é levado a sério, como uma ferramenta que pode fazer a diferença, surgem ideias loucas que acabam por ver a luz do dia, como esta que a NBA está a considerar.

Mais do que uma simples frase, é uma expressão que traz consigo um sonho de crianças, teenagers e adultos, de serem como Michael Jordan, o mais-que-provável melhor basquetebolista de sempre, que completou 50 anos no dia 17 de Fevereiro.